Notícias da CCR RodoAnel

Notícias

19/04/2021 | Responsabilidade Social

Instituto CCR e Empreende Aí criam formação de empreendedorismo para caminhoneiros

 
                          
 
Gestão do tempo, compromisso com o público final e noção prática de logística. E mais: talento para negociar preços e achar bons fornecedores. Esta rotina combina com os empreendedores de sucesso, certo? Para o Instituto CCR, gestor social do Grupo CCR, do qual a CCR ViaOeste e CCR RodoAnel fazem parte, é a descrição exata de como deveria ser a vida na estrada dos caminhoneiros do País. 
 
Os caminhoneiros viajam em média 8 mil e 500 km por mês, em jornadas de até 11 horas por dia. A faixa estaria média é de 44 anos e a plenitude na profissão é inferior a vinte anos - tempo curto no mercado de hoje. Pensando em ativar o potencial de autogestão e liderança dos motoristas – homens e mulheres -  de cargas pesadas, o Instituto CCR – em nova parceria com a escola de negócios Empreende Aí – desenvolveu a formação de Empreendedorismo para Caminhoneiros (as), com pegada tech, exclusiva para quem faz do caminhão sua opção de vida. A formação será voltada a profissionais dos estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, com 30 vagas no total, com a expectativa de que mulheres ocupem pelo menos 50% delas.  

“Os caminhoneiros são prioridade para o Grupo CCR. Desde os tradicionais programas de cidadania, educação no trânsito e prevenção de saúde, até este de empreendedorismo. Feito para revelar as oportunidades de negócios para uma das classes mais importantes da sociedade. É mais uma forma que encontramos para apoiar quem faz a transporte do Brasil rodar, inclusive pelos mais de 3.955 quilômetros de rodovias administradas pela CCR”, explica Cristine Naum, gerente executiva do Instituto CCR. 

Como vai funcionar? 

A formação terá quatro módulos de trabalho: Autoconhecimento, Gestão Financeira, Oportunidades em Momentos de Crise, Planejamento de Gestão do Tempo.  A pegada é mão na massa, com duração de 30 dias e aulas gravadas em formato digital, de fácil e rápido acesso pelo celular ou computador. Vale destacar que 98% dos caminhoneiros no Brasil utilizam celular/smartphone com frequência para acessar a internet. Os alunos terão acesso a aulas também no formato de podcast – para facilitar o aprendizado – enquanto dirigem ou executam outra atividade. 

“O curso foi pensado para garantir mobilidade aos inscritos. Afinal, para quem está na estrada, é fundamental esse tipo de amparo. O conteúdo trará linguagem simples e agradável, para evoluir durante as viagens e horas de espera que marcam a rotina desta profissão”, explica Luis Coelho, administrador e sócio-fundador da Empreende Aí, escola especializada em formação de empreendedores populares. 

Inscrições e outros detalhes pelo link: 
https://empreendeai.com.br/institutoccr-caminhoneiros

SERVIÇO 
Inscrições: 19 abril a 19 de maio.  
Formato: conteúdo digital: vídeos e podcast.

Empreende Aí

A Escola de Negócios da Periferia para  Periferia: Empreende Aí é um Negócio  de Impacto Social fundado em 2015, pela Psicóloga Jennifer Rodrigues e o Administrador de Empresas Luis Coelho, ambos de periferia,  com o objetivo de formar e capacitar novos Empreendedores de territórios populares, comunidades e favelas através de sua Metodologia Despertando o Empreendedor presencial e online (que aborda aspectos de autoconhecimento, ideação, modelagem, testagem e gestão dos negócios) e de Metodologias cocriadas com parceiros. Site oficial: www.empreendeai.com.br 
 
Instituto CCR

Entidade privada sem fins lucrativos que gerencia o investimento social do Grupo CCR, proporcionando transformação com apoio a projetos via leis de incentivo, campanhas institucionais e por meio dos programas proprietários: o Caminhos para a Cidadania - atendendo mais de 1,3 mil escolas, e o Estrada para a Saúde – presente em seis regiões. O foco do Instituto C
CR é em inclusão social por meio de iniciativas de geração de renda, saúde, educação, cultura e esporte. Desde a sua criação em 2014, já foram gerenciados R$ 163 milhões, e, somente em 2020, cerca de 2,5 milhões de pessoas foram impactadas em comunidades de 115 cidades, situadas em trechos de atuação das concessionárias da companhia. Saiba mais em www.institutoccr.com.br

Voltar